Contato


Caso deseje que seu nome seja retirado de nosso mailing de contatos, favor solicitar a exclusão enviando uma mensagem em um dos endereços acima, ou deixe um comentário no formulário abaixo.

Anúncios

17 respostas para Contato

  1. Miralice Maria Moreira disse:

    Parabens !!!Um trabalho dignificante que expressa os valores da pessoa ,as possibilidades de tantas outras e a dedicação daqueles que envolvem , que se dispoem tornando mais amplo o olhar de quem estava sem rumo e sem alento ,quem sabe !!…Maria de Magdala é inegavelmente tudo que faz o mundo melhor .
    Grande abraço pelo blog ,obrigada por nos permitir este caminho mais perto de voces .
    Que a graça de DEus os faça cada vez melhores .Miralice

  2. Marcia disse:

    Bom dia.
    Gostaria de perguntar qual é o dia do bazar de roupas de vocês e qual o horário e o endereço pois gostaria de estar adquirindo produtos

    Obrigada

    • Olá Marcia, obrigado pelo seu contato.

      Veja a seguir a chamada para o bazar:

      BAZAR DE SEMINOVOS NA MAGDALA: ROUPAS, BOLSAS, SAPATOS.

      DATA: 24 e 25 de maio (quinta e sexta-feira)

      HORÁRIO: das 8h00 às 17h00

      Rua Senador Fonseca, 517 (Centro) Informações pelo telefone: 4522-4970

      PREÇO ÚNICO POR PEÇA: R$ 2,00.

      Prossegue o trabalho da cozinha semi-industrial, que fornece, por encomenda, pães caseiros de vários tipos, bolos com inúmeros sabores, tortas salgadas, salgadinhos, Sugar Cookies. O lucro é partilhado dentre as quituteiras.

      “Pregue o Evangelho em todos os momentos e, quando necessário, use palavras.”

      (São Francisco de Assis)

  3. E.A.S disse:

    Bom dia,
    Visitando o site da pastoral, me deparei com uma reportagem de superação que foi postada no inicio do ano e me perguntei, será que para os demais filhos dela isso também foi uma história de superação??? ou será que a verdadeira história de superação para eles, seria ela ter criado a todos em vez de os ter dado para doação????

    • E.A.S disse:

      Bom dia,
      Visitando o site da Pastoral, me deparei com uma reportagem de superação que foi postada no inicio do ano e me perguntei, será que para os demais filhos dela isso também foi uma história de superação??? ou será que a verdadeira história de superação para eles, seria ela ter criado a todos em vez de os ter dado para adoção????

      Um grande abraço…Deus abençoe a todos!!!

      • Muito boa noite, E.A.S!

        Paz e bem!

        Entendo que a história de superação, abordada pelo jornal e colocada em nosso blog, diz respeito à mudança de rumo. Às vezes, não totalmente, mas com alguns passos que já contam, porque o tempo é de Deus. Essa superação, sem dúvida, não apaga o passado e não consegue resgatá-lo, embora Deus perdoe integralmente a pessoa que se arrepende e coloca, diante dEle, suas fragilidades para serem curadas. As cicatrizes sangram em inúmeros momentos. Quanto à moça, ainda, é preciso saber da história, para compreender as atitudes. Quantas mulheres, com quem nos deparamos, foram abusadas sexualmente na infància e, sem orientação e apoio, perderam-se por caminhos diversos!
        A respeito dos filhos, será que ela possuía condições para criá-los? E a família, será que a amparou? E o pai dessa criança assumiu o 50% que lhe dizia respeito? São muitos desajustes. Não deve ser fácil, para um filho ou uma filha, não se sentir no aconchego da mãe e do pai biológicos! Tenho dois sobrinhos de coração. São pequeninos ainda, com cinco anos, e não sei, embora tenham conhecimento de que não passaram pela barriga de minha cunhada, como reagirão no futuro. Um a mãe deixou no hospital e na fila de adoção era a vez de minha cunhada e meu irmão. A outra, pelos desajustes da casa, ficou dois anos e meio em um abrigo. Como a mãe não pediu a guarda de volta, provavelmente por suas impossibilidades, foi também encaminhada para adoção. Crescem aprendendo que se a mãe não conseguiu criá-los não foi por maldade. Crescem aprendendo a rezar pela mãe e o pai que os geraram e, para nossa família, trouxeram grande alegria.
        Estou à disposição.
        Fique com Deus!

        Maria Cristina

      • Edilene disse:

        Bom dia
        Maria Cristina,
        Agradeço sua atenção ao responder-me…concordo com grande parte do que foi dito, porém a 27 anos busco uma forma de compreender as atitudes que a levaram a abandoram a mim e aos meus demais irmãos…meu “suposto pai” não me assumiu 50%, pois foi assassinado um dia depois de meu nascimento e quem assumiu 100% de total responsabilidade sobre mim dois dias após meu nascimento, foram meus “supostos avós paternos”, cujo tenho um amor imenso e verdadeiro pelos mesmos. Foram eles que me amaram, me criaram, me educaram e me mostraram o que é dignidade…Isso pra mim é uma superação, enterrar um filho e em momentos depois assumir uma cruz que não é sua!!! Muitos foram os retiros de Cura e Libertação, para que eu pudesse de fato perdoá-la e pudesse compreender pelo menos um terço de toda uma história, mas no fundo ainda são muitas as interrogações, e o que me dói, é saber que talvez eu não encontre respostas para elas.
        Enfim,é isso…não sei se é interessante para voce deixar esse depoimento aqui, talvez seja apenas uma forma que eu encontrei de desabafar…ela sabe da minha existência, onde eu moro, meu tel, porém se voce quizer mais algum exclarecimento, peço a gentileza de entrar em contato direto comigo, pois talvez ela entenda isso como uma ofença (o que não foi minha intenção) e coloque minha família no meio e eu não quero expor meus pais a isso. Meu nome é Edilene, meus tel são: 9896-0884 vivo ou 8029-3703 oi.
        Que o Senhor te abençoe e te guarde!!!
        Um forte abraço!!!

      • Muito boa noite, E.A.S!

        Paz e bem!

        Entendo que a história de superação, abordada pelo jornal e colocada em nosso blog, diz respeito à mudança de rumo. Às vezes, não totalmente, mas com alguns passos que já contam, porque o tempo é de Deus. Essa superação, sem dúvida, não apaga o passado e não consegue resgatá-lo, embora Deus perdoe integralmente a pessoa que se arrepende e coloca, diante dEle, suas fragilidades para serem curadas. As cicatrizes sangram em inúmeros momentos. Quanto à moça, ainda, é preciso saber da história, para compreender as atitudes. Quantas mulheres, com quem nos deparamos, foram abusadas sexualmente na infància e, sem orientação e apoio, perderam-se por caminhos diversos!
        A respeito dos filhos, será que ela possuía condições para criá-los? E a família, será que a amparou? E o pai dessa criança assumiu o 50% que lhe dizia respeito? São muitos desajustes. Não deve ser fácil, para um filho ou uma filha, não se sentir no aconchego da mãe e do pai biológicos! Tenho dois sobrinhos de coração. São pequeninos ainda, com cinco anos, e não sei, embora tenham conhecimento de que não passaram pela barriga de minha cunhada, como reagirão no futuro. Um a mãe deixou no hospital e na fila de adoção era a vez de minha cunhada e meu irmão. A outra, pelos desajustes da casa, ficou dois anos e meio em um abrigo. Como a mãe não pediu a guarda de volta, provavelmente por suas impossibilidades, foi também encaminhada para adoção. Crescem aprendendo que se a mãe não conseguiu criá-los não foi por maldade. Crescem aprendendo a rezar pela mãe e o pai que os geraram e, para nossa família, trouxeram grande alegria.
        Estou à disposição.
        Fique com Deus!

        Maria Cristina

      • A.P.M disse:

        Muito boa sua pergunta e concordo com cada ponto e virgula . . .

  4. Cristina Milosi disse:

    Admiro muito o trabalho de vocês, em qual área vocês precisam de trabalho voluntário? um abraço…que a paz de Jesus e o amor de Maria esteja com cada um de vocês.

    • Perdoe-me, Cristina, a demora na resposta. No momento, necessitamos de voluntários para reforço escolar, destinado aos filhos das assistidas da entidade. Mas também necessitamos, de voluntários para as nossas promoções. Amém ao seu desejo de Paz de Jesus! Que Ele mantenha seu coração bonito!

  5. regina disse:

    rga

  6. A.P disse:

    Bom dia, Maria Cristina

    Acredito no trabalho de vocês, e admiro o trabalho de vocês.
    Infelizmente também faço parte dessa história, e entendo totalmente a Edilene. Pois passei e passo oque ela vem passando, os sentimentos e duvidas são os mesmos. Minha história é totalmente diferente da dela, hoje eu ainda não perdoei ela, e não tenho vontade, sei que na época as situações não eram fáceis, mais muito sofrimento poderia ter sido “poupado”, mais não estamos aqui para julgar ninguém. Mais no final de tudo eu só tenho á agradecer, afinal, estou em uma família maravilhosa hoje, e graças aos bons exemplos, tive uma história muito diferente do que poderia ter sido, não em questão financeira, mais foi por ser cheia de amor, carinho, atenção e bons princípios.
    Também não sei se é interessante para vocês deixar esse depoimento aqui, pois talvez ela entenda isso como uma ofensa, o que também não foi minha intenção e coloque minha família no meio e eu não quero expor meus pais a isso.
    Caso tenha alguma interesse em entrar em contato estou a disposição através desse e-mail.
    Deus te abençoe.

    Beijo

  7. Ola Boa Tarde , Meu Nome é Ailton , Neto da Dona Irene de Franco da rocha
    gostaria de Avisar a Senhora Rosi , Que devido a problemas de saúde , a senhora Irene Ramalho de Oliveira Não ira comparecer nas aulas , cursos e reunião nessa semana .
    A mesma esteve internada e saio recentemente do hospital.
    Gostaria de deixar os telefones de contato para maiores informações .

    (11)4444-9891
    (11)4819-0456
    (11)9484-7438
    (11)8956-0178

    E-mail – ito.windows@gmail.com
    Facebook : http://www.facebook.com/ailton.oliveiradutra

    Atenciosamente : Ailton de oliveira Dutra .

  8. rachel disse:

    gostaria de poder ajudar como voluntaria ,nao sei no que posso ser util ,me informe quais as necessidades
    a paz de cristo.

    • Prezada Rachel, agradecemos o seu contato e parabenizamos pelo seu interesse em fazer parte da família Magdala.

      Para se candidatar é preciso entrar em contato através do nº (11) 4522-4970 e agende um horário para fazer uma visita, nos conhecer e também às nossas instalações.

      Seja bem-vinda!

      abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s